FUNAP amplia programa de educação para a paz nas prisões brasileiras

A Fundação de Educação Penitenciária (FUNAP) apóia as oficinas do Programa de Educação para a Paz como esta em São Paulo, Brasil.

Representantes da FUNAP assinam acordo para ampliar o uso do Programa de Educação para a Paz.

Na assinatura do acordo estão representados aqui o Sr. Henrique Pereira de Souza Neto, Diretor Executivo da FUNAP, Sra. Ivete Santisi Belfort Mattos, Presidente da SATPR, Sr. Alexandre Rodrigues Cabrera, Superintendente de Assistência e Promoção Humana, Sr. André Vinicius García, Gerente de Educação e Cultura e Sr. Jorge Paulo Lino Rodrigues, Assessor de Educação.


A Prem Rawat Foundation (TPRF) está fazendo parceria com a Prison Education Foundation para levar o Programa de Educação para a Paz às prisões de São Paulo, Brasil, para ajudar na reabilitação de presidiários.


A Fundação de Educação Prisional (FUNAP) renovou uma parceria para levar o Programa de Educação para a Paz da Fundação Prem Rawat para mais de 6.000 presos em 11 prisões em todo o estado de São Paulo, Brasil até o final deste ano.


O FUNAP é uma fundação estadual, vinculada à Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), que tem como função auxiliar os internos na reabilitação e reinserção social por meio de ações educacionais, trabalhistas, culturais e de assistência jurídica. O Diretor Executivo da FUNAP, Henrique Pereira de Souza Neto, assinou o acordo para expandir o uso do Programa de Educação para a Paz depois que um piloto bem-sucedido teve um impacto notável em centenas de presidiários no estado no início deste ano. Impressionados com os resultados, vários diretores penitenciários endossaram o programa e recomendaram a expansão.


“Sugiro que o projeto seja ampliado para o maior número possível de pessoas privadas de liberdade na esfera estadual - e por que não na esfera nacional”, afirma Claudemiro Alves Mauricio Junior, Diretor de Educação da Penitenciária ASP Joaquim Fonseca Lopes.


1 visualização0 comentário